Comentário28 outubro

Rodada de Bonn chega ao fim sem esperanças de bom acordo para o clima

Sérgio Abranches

Terminou no fim de semana do segundo turno das eleições brasileiras a rodada de Bonn de negociações preparatórias para a Convenção do Clima, a COP 20. As discussões avançaram pouco na preparação dos documentos que servirão de base para o Acordo de Paris, na COP21. A ideia é que os países cheguem a um rascunho avançado, com poucos pontos em aberto a serem negociados no ano que vem, para assegurar o fechamento de um acordo efetivo em Paris. Leia Mais »

Comentário16 outubro

Combate ao desmate na Amazônia está mais difícil e governo não mostra os dados

O governo está atrasando a divulgação dos dados de desmatamento do DETER. Até a última divulgação, em 6 de agosto, o desmatamento, que subiu 29% no ano passado pelos dados finais do INPE, continuava a crescer este ano. Os números referentes a agosto e setembro somente serão divulgados em novembro. A única boa notícia disso tudo é que o INPE está aumentando a resolução das imagens de satélite do DETER, o que permitirá identificação de focos de desmatamento que hoje o sistema não detecta. Estudos recentes mostram que precisamos uma nova estratégia para conter o desmatamento da Amazônia e que precisamos mais do que nunca de boa informação de alerta, para que as ações de comando e controle sejam mais efetivas. Leia Mais »

Comentário09 outubro

Fotovoltaica cresce forte globalmente no quarto trimestre

Sérgio Abranches

Instalações de energia solar estão crescendo muito forte neste quarto trimestre. A capacidade instalada deve chegar a 200 mil megawatts, praticamente tudo que se instalou em 2010. Os preços em queda, inovação tecnológica e novos arranjos financeiros explicam essa onda. A China vai aumentar em 10% sua capacidade instalada, mais que o crescimento do PIB. Estados Unidos e Japão serão responsáveis por 70% das novas instalações. Estamos falando de usinas e instalações prediais, comerciais e residenciais. Leia Mais »

Artigos06 outubro

A dinâmica do segundo turno no presidencialismo de coalizão

Sérgio Abranches

Começa hoje o mais disputado segundo turno em eleições presidenciais, desde 1989. Os resultados mostram o grau de competição no primeiro turno, com toda clareza e desenham o cenário de um segundo turno em aberto. Independentemente do que se vem dizendo, que 2o turno é outra eleição, uma coisa é certa: a dinâmica política desta rodada decisiva da disputa presidencial é, realmente, diferente. No primeiro turno, a primeira etapa de constituição das candidaturas envolve a negociação das coligações eleitorais que apoiarão cada uma delas. Essa negociação toma por referência a correlação passada de forças. As negociações do segundo turno não tratam de coligações. As coligações já estão dadas. Elas tratam da formação de uma coalizão para conquistar os votos dados a outros candidatos e que será a base inicial da coalizão de governo do vitorioso. São negociações que consideram a nova correlação de forças saída das urnas e o futuro Congresso. Óticas muito diferentes, portanto.  Leia Mais »

Comentário16 setembro

Dados tornam ociosa discussão sobre aquecimento global

Sérgio Abranches

Se o aquecimento global e a mudança climática são reais tornou-se discussão ociosa diante diante da copiosa evidência numérica já disponível. Basta olhar as anomalias de temperatura média global nos últimos 40 anos para se ter uma ideia precisa do que está acontecendo.

Leia Mais »

Comentário09 setembro

Brasil foi o país que mais carbonizou a economia no último quinquênio: 2008-13

Sérgio Abranches

O Brasil está entre os cinco países que mais aumentaram a carbonização da economia entre 2012 e 2013 e no último quinquênio (2008-2013). No caso brasileiro, o crescimento da intensidade de carbono na economia se explica pelo maior uso de combustíveis fósseis (transportes urbanos e rodoviários) e uma matriz elétrica com maior participação de termelétricas a diesel e carvão. Leia Mais »